Dia Mundial da Sepse: Hospital Bom Samaritano faz alerta a comunidade

Muitas pessoas nem fazem ideia do que seja Sepse, mas apesar de pouco conhecida seus efeitos são fatais. Para ajudar a diminuir as taxas da doença que é a principal causa de morte por infecção em todo o mundo o Hospital Bom Samaritano (HBS), além de adotar um protocolo, chama a atenção da comunidade já que no dia 13 de setembro foi o Dia Mundial da Sepse.

Para os pacientes internados no HBS a visita de leito nos dias 11 e 12 foi diferente, uma equipe do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar, visitou as enfermarias e apartamentos e de forma lúdica abordou sobre a prevenção da Sepse.

Segundo a enfermeira, Preslliane Breder, “a sepse é uma série de respostas irregularidades do organismo provocadas por uma infecção que juntas causam um mau funcionamento do corpo. Antigamente era conhecida como infecção no sangue, hoje é conhecida como infecção generalizada”. Dados do Instituto Americano de Sepse apontam que somente em adultos, estima-se cerca de 670 mil casos por ano, dos quais 240 mil falecem.

Apesar dos avanços da medicina com vacinas e antibióticos não estamos livres e imunes da Sepse, segundo a enfermeira todas as complicações no corpo devem ser observadas, “vários sinais e sintomas podem sugerir o diagnóstico de Sepse, para o paciente que está em casa podemos pensar em Sepse quando apresentar: febre, frequência cardíaca maior que 90 batimentos por minuto, queda da pressão arterial, rebaixamento do nível de consciência, sonolência excessiva, diminuição da urina e desidratação”. Ainda alerta, “por ser grave, todo caso em que haja suspeita de Sepse o paciente deve ser encaminhado o mais rápido possível para atendimento médico, de preferência em unidades de pronto atendimento. Tempo é vida!”

No Hospital Bom Samaritano todos os colaboradores da área assistencial são constantemente treinados para ajudar no diagnóstico da doença. Desde 2017 foi adotado um protocolo que estabelece uma série de rotinas, parâmetros e procedimentos que ajudam na identificação da síndrome.

 

Convênio


Hospital Bom Samaritano - Convênios em Governador Valadares

Para dar mais comodidade aos nossos pacientes e procurando lhe atender da melhor maneira, o Hospital Bom Samaritano tem convênio com vários planos de saúde.

Saiba mais

Clínica


Hospital Bom Samaritano - Clínica

A clínica conta com estrutura para realizar atendimento em diversas áreas como: cardiologia, cirurgia geral, proctologia, ginecologia, gastroenterologia, saúde bucal ...

Saiba mais

Laboratórios


Hospital Bom Samaritano - Laboratório

O Laboratório da Beneficência Social Bom Samaritano tem como principal objetivo dar apoio aos médicos em diagnóstico.

Saiba mais

Implante Coclear


Hospital Bom Samaritano - Medicina Nuclear Governador Valadares

A cirurgia de Implante Coclear, ou Ouvido Biônico, é realizada desde julho de 2009 pelo Hospital Bom Samaritano. A operação pode ser feita pelo SUS, Sistema Único de Saúde, representando mais de 80% dos procedimentos.

Saiba mais

Funcionamento

O Bom Samaritano atende
24 horas por dia

 

  • Hospital

    33 2101-6100
  • Clínica

    33 3273-4013
  • Laboratório

    33 2101-6111

Hospital Bom Samaritano

Rua Ranulfo Álvares, 1620 Governador Valadares

Clínica Bom Samaritano

Rua Bárbara Heliodora, 1360 Governador Valadares

Laboratório Samaritano

Rua Ranulfo Álvares, 1547 Governador Valadares